Últimos Vídeos
25 de dezembro de 2015

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, acredita que a conta de luz vai ficar mais barata para o consumidor final, ao longo de 2016. Segundo ele, as medidas do chamado “realismo tarifário”, que incluíram a criação de programas como as bandeiras tarifárias, que repassam o custo da energia para a conta do consumidor, conforme aumenta o acionamento das térmicas não devem pesar tanto no bolso do consumidor como se viu em 2015.

“A pressão do realismo tarifário passou. Agora teremos um passo a passo seguro, de certo modo conservador, mas com viés de baixa”, disse Braga, em entrevista ao ‘Estado’. “Teremos declínio tanto no custo de geração de energia quanto na tarifa de energia elétrica. Não será uma redução abrupta, mas sim planejada e constante”, comentou.

Estadão Conteúdo

 PG POSTOS

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
27 de novembro de 2015

O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quinta-feira (26) que o pagamento dos servidores estaduais acontece nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro. Os servidores aposentados e pensionistas receberão segunda-feira (30), enquanto os ativos terão seus vencimentos depositados na terça-feira (1º).

O Executivo Estadual ressalta que não é possível confirmar datas nem firmar um calendário de pagamento para os próximos vencimentos. A justificativa do governo é que as frustrações de receita ultrapassaram R$ 500 milhões em comparação ao orçamento previsto em 2015.

“O governo segue focado e acompanhando diariamente a arrecadação do Estado para honrar todos os compromissos assumidos até dezembro, incluindo a segunda parcela do 13º salário e a folha de dezembro”, diz a nota divulgada nesta quinta.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, Governo do RN, RN
6 de novembro de 2015

aa2

O Governo  do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), vai abrir uma unidade do Restaurante Popular no campus central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Mossoró, nos próximos 30 dias. A nova unidade oferecerá 650 refeições por dia, ao preço de R$ 1 real, atendendo ao um antigo pleito dos alunos e moradores dos bairros vizinhos.

O aditivo do contrato com a empresa responsável pelo restaurante, Nutriti Refeições, já foi publicado e todo o procedimento burocrático já está finalizado. Segundo a secretária da Sethas, Julianne Faria, já foi elaborado o Termo de Cooperação entre a secretaria, a UERN e a Nutriti. Para a implantação do restaurante só falta a liberação do espaço onde ele irá funcionar. Depois disso, a empresa fará a reforma de padronização da estrutura, que deve ser finalizada dentro em 30 dias.

“Essa é uma demanda antiga da UERN e que procuramos atender o mais rápido possível devido à importância da instituição. O restaurante irá atender alunos e moradores de bairros como Santa Delmira e Promorar” ressaltou a secretária da Sethas, Julianne Faria.

Em todo o Rio Grande do Norte são 24 unidades de Restaurantes Populares, em 21 municípios, abertos de segunda a sexta-feira. Eles servem cerca de 19 mil refeições diariamente ao preçopopular de R$ 1 real. A meta da Sethas é abrir ainda um Restaurante Popular em São José de Mipibu no início do próximo ano.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, Governo do RN
6 de novembro de 2015

aa

As portas estão abertas para a Ambev e para qualquer empresa que queira investir no Rio Grande do Norte”. As palavras são do secretário estadual de Tributação, André Horta, que desmentiu nesta sexta-feira (6) a relação do pacote fiscal aprovado no estado com o anúncio do fechamento da fábrica da Ambev em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. O aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços (ICMS), medida do pacote fiscal, foi o motivo alegado pela cervejaria para fechar as portas.

“A recomposição de receitas ou ajuste fiscal é todo em cima do consumo. Não tem interferência na produção industrial. São independentes”, detalha o secretário. Horta acrescentou que a Ambev recebia os benefícios fiscais do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte (Proadi), porém a lei limita o período de concessão de benefícios. “A Ambev entrou em 1993 e em 2003 chegou a renovar o vínculo com o Proadi por mais 10 anos. O término ocorreu em 2013 e a lei impede uma nova prorrogação”, explica.

O governo aguarda a aprovação do novo formato do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte (Proadi) que está para ser votado na Assembleia Legislativa. “O novo programa é mais generoso em seus termos. Um dos principais pontos é a prorrogação ilimitada do benefício fiscal para as empresas que estão produzindo no estado”, ressalta o secretário.

Ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, coube o papel de dialogar com a Ambev sobre a possibilidade de permanência em São Gonçalo do Amarante. Em contato com a diretoria da Ambev, Azevedo explicou que a cervejaria alegou que uma reestruturação na empresa levou ao fechamento da fábrica potiguar. As unidades industriais do grupo em Sergipe e São Paulo também estariam ameaçadas.g1/rn

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, Governo do RN, RN
27 de outubro de 2015

bb

Bancários de várias capitais do país decidiram ontem (26) encerrar uma greve que já durava 21 dias. Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira, a categoria decidiu aceitar a proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) de reajuste de 10% nos salários [com aumento real de 0,11%] e de 14% nos vales-refeição e alimentação (3,75% de ganho real).  Em São Paulo, os bancários da capital, Osasco e 15 municípios da região voltam ao trabalho amanhã (27). A assembleia foi realizada na tarde de hoje (26) e os trabalhadores decidiram aceitar a proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban).

De acordo com a presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, Juvandia Moreira, com esse índice “em 12 anos vamos acumular 20,83% de ganho real nos salários e 42,3% nos pisos”. Para ela, esta paralisação “foi uma das mais fortes dos últimos anos e a conquista foi consequência da nossa luta e mobilização”.

Além do aumento salarial, os bancários conseguiram também abonar 53 horas dos dias parados para quem tem jornada de seis horas e 81 horas para quem trabalha oito horas e aumento de 14% [com 3,75% de aumento real] nos vales refeição e alimentação.

PG POSTOS

rei cell

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
23 de outubro de 2015

jj

Aprovado o Projeto de Lei 190/2015, de autoria do Governo do Estado, alterando a Lei 6.967/1996, que dispõe sobre o Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), em reunião extraordinária realizada nesta quinta-feira (22) na Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa.

“Ao analisarmos a proposta, naquilo que coube à Comissão de Finanças e Fiscalização, não restam evidenciadas quaisquer inadequações financeira e ou orçamentárias, por parte desta Casa Legislativa. A majoração de 2,5% para 3% será para automóveis, caminhonetes, micro-ônibus, embarcações recreativas ou esportivas e qualquer outro veículo automotor não incluído nos incisos I e II do artigo 4º da Lei Estadual 6.967. Os veículos com mais de 10 anos de uso continuam isentos”, disse o relator da matéria, deputado Tomba Farias (PSB).

Participaram da reunião os deputados Ricardo Motta (PROS), George Soares (PR), José Dias (PSD) e Tomba Farias. Os efeitos da Lei só entrarão em vigor em 2017. Na reunião, o presidente da Comissão, deputado Ricardo Motta comunicou que será o relator do Projeto de Lei do Orçamento Geral do Estado para o exercício de 2016.

“Na próxima semana vamos nos reunir com os demais integrantes da Comissão de Finanças e Fiscalização e os assessores técnicos para ser definido um calendário, estipulando o prazo para o recebimento das emendas dos parlamentares”, disse Ricardo Motta.

CAICO SORRIDENTE

ACADEMIA3

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
16 de outubro de 2015

DD

A edição de outubro do Projeto MotivaAção trará a Caicó o publicitário paulistano Dirceu Simabucuru, com a palestra “A força da Marca para enfrentar a Crise”. O palestrante também é administrador de empresas e especialista em Marketing, atuando na área de comunicação há 25 anos. A palestra apresentará dados e tendências de mercado, discutirá comportamento e potencial de consumo do estado e da cidade e abordará princípios de marketing e brand (marca). Dirceu Simabucuru exerce o cargo de diretor geral da Intertv Cabugi e é diretor executivo do comitê que dirige as seis emissoras do grupo Rede Inter TV, afiliadas a Rede Globo nos estados do RJ, MG e RN. A palestra acontecerá na quarta-feira, dia 29, no auditório da Casa do Empresário. A inscrição pode ser realizada no mesmo local, com 01 kg de alimento não perecível, que será doado para a Fundação Belo Amor. O Projeto MotivaAção é uma promoção das entidades empresariais de Caicó com o Sebrae. Esta edição conta com o apoio da FCDL e da InterTV RN.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Caicó, ECONOMIA
6 de outubro de 2015

aa

Os bancários do Rio Grande do Norte entraram em greve nesta terça-feira (6) por tempo indeterminado. A paralisação afeta agências privadas e públicas de todo o estado. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) diz continuar aberta a negociações.

Durante a greve, a Febraban orienta a população a usar formas alternativas para fazer transações bancárias, como caixas eletrônicos, internet, aplicativos para celular, telefone, lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos credenciados.

Aposentados e pensionistas da Previdência Social podem sacar o benefício em caixas eletrônicos.

Reivindicações
Entre as principais reivindicações estão melhores condições de trabalho, com diminuição da pressão para cumprimento de metas, e redução das taxas de juro e tarifas bancárias, segundo o secretário de Comunicação do Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região (Seeb), Cleberson Pacheco.

Além disso, a categoria reivindica reajuste de 16%, já incluída a inflação no salário, bem como novas contratações. De acordo com o sindicato, nos bancos públicos, há dois anos não são abertas novas vagas. A categoria alega enfrentar uma sobrecarga de trabalho.

Os bancários rejeitam a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para a categoria em todo o país, que prevê reajuste de 5,5%, piso de R$ 1.321,26 para portaria, R$ 1.895,25 para escritório e R$ 2.560,23 para caixa e tesouraria, e plano de Plano de Lucros e Resultados (PLR) de 90% do salário mais R$ 1.939,08, com possível parcela adicional resultante da divisão linear de 2,2% do lucro líquido para todos, entre outros benefícios.

Assembleias de sindicatos de todo o Brasil ocorreram nos dias 30 de setembro e 1º de outubro.

A Febraban informou ainda que continua aberta a negociações e vai avaliar contrapropostas.G1/RN

rei cell

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
30 de setembro de 2015

gg

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou que vai reajustar os preços de venda de gasolina e diesel nas refinarias. O aumento vigorará a partir da meia noite dessa quarta-feira (30).

Conforme comunicado divulgado pela estatal nesta noite, o preço de venda da gasolina subirá, em média, em 6% a partir do dia 30 de setembro, enquanto o diesel, em 4%.

A Petrobras informou que os preços da gasolina e diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado, não incluem os tributos federais CIDE e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS.

 Banner para blog

PAULINO

A PANIFICADORA DO SUPERMERCADO PAULINO JÁ ESTÁ PRONTA

SUPERMERCADO CLIMATIZADO PARA MELHOR SERVIR!

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
29 de setembro de 2015

A prefeitura de Caicó paga na próxima quinta-feira(01) o salário do mês de Setembro do funcionalismo público municipal. O pagamento vai injetar perto de 4 milhões de reais na economia local.

De acordo com a Secretária de Tributação e Finanças, Marleide Carvalho, o pagamento do servidores será transmitido para o banco nesta quarta-feira(30) devido a necessidade de aguardar os recursos constitucionais referentes a terceira parcela do FPM que é depositado no último dia útil de cada mês. Portanto, os salários dos servidores estarão disponíveis para saque em suas referidas contas na quinta-feira 01/10.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Caicó, ECONOMIA
29 de setembro de 2015

Em um dia de turbulência no mercado, a moeda norte-americana teve a maior alta diária em quatro anos e voltou a fechar acima de R$ 4. O dólar comercial fechou ontem vendido a R$ 4,109, com alta de R$ 0,134 (3,36%). A última vez que a cotação tinha subido em nível parecido em um único dia tinha sido em setembro de 2011.

Até as 15h, a moeda tinha oscilado em torno de R$ 4, chegando a operar em R$ 3,99 no início da manhã. No entanto, nas últimas horas da sessão, a cotação disparou até fechar na máxima do dia. A divisa acumula alta de 13,3% apenas em setembro e de 54,6% em 2015.

 

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
29 de setembro de 2015

bb

Blog do BG – Os bancários do RN reunidos em assembleia na noite desta segunda-feira, 28 de setembro, decidiram por seguir o calendário do Comando Nacional e iniciar a greve por tempo indeterminado no dia 6 de outubro.

A paralisação é decorrente da ausência de uma proposta decente da Fenaban e do Governo Dilma. A categoria entregou a pauta no início de agosto e após cinco negociações a Fenaban acenou com um reajuste de 5,5% mais um abono de R$ 2.500.

A categoria não aceita que o setor que teve recordes de lucratividade no primeiro semestre do anos apresente uma proposta indecente desta. Somente nos seis primeiros meses do ano os cinco maiores bancos do país lucraram mais de R$ 36 bilhões.

O Comando Nacional pede 16% de reajuste enquanto que a Frente Nacional de Oposição Bancária (movimento do qual o SIndicato dos Bancários do RN faz parte) reivindica 32% de reajuste, o que equivale as perdas nos bancos privados.

REDE2

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
28 de setembro de 2015

O Governo do Estado vai pagar a folha do funcionalismo nos dias 29 e 30 de setembro. Nesta terça-feira (29) os aposentados e pensionistas terão seus vencimentos depositados ao longo da manhã, enquanto os servidores ativos receberão o pagamento na quarta-feira (30), data da terceira parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Esse é o nono mês consecutivo que o Governo honra a folha dos servidores dentro do mês trabalhado mesmo num momento em que o país atravessa uma grave crise econômica, o que levou alguns estados a transferirem a folha para o dia 10 do mês seguinte ou até parcelar o pagamento.

De acordo com o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Gustavo Nogueira o pagamento do funcionalismo em dia fortalece a economia e reduz os impactos da crise. “Pagar em dia é uma obrigação de qualquer Governo. E nossa responsabilidade aumenta nesse momento de crise, quando as frustrações de receitas já ultrapassam os R$ 300 milhões. Com a folha em dia não é apenas o servidor quem ganha. O funcionalismo alimenta toda uma cadeia econômica e diminui os efeitos devastadores dessa crise”, analisou.

BANER OFICINA PENEDO

ACADEMIA3

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
23 de setembro de 2015

O dólar ultrapassou pela primeira vez a marca de R$ 4. Muitas pessoas acham que isso não as afeta, pois não ganham em dólar nem pretendem viajar para o exterior em breve. A verdade, porém, é que o dólar mais alto deixou o brasileiro mais pobre. “O impacto da alta do dólar na vida das pessoas vai chegar a todos, inclusive à dona de casa”, diz Edgar de Sá, economista-chefe da FN Capital.

Um dólar tão valorizado retrata uma economia que está em desequilíbrio, segundo o professor da Escola de Economia de São Paulo da FGV Clemens Nunes. Segundo ele, o Brasil está em situação de desequilíbrio fiscal, o que mostra que o governo gasta mais do que ganha, e os investidores não enxergam uma solução sustentável para esse problema num futuro próximo. “Não há perspectiva de melhora. A consequência disso é que o real se desvaloriza e ficamos mais pobres. Perdemos poder de compra em relação ao resto do mundo.”

Qual é o primeiro impacto do dólar mais alto?
A alta do dólar afeta a vida das pessoas comuns porque puxa a inflação para cima.

Muitas matérias-primas são importadas –como trigo, gás e gasolina. Isso provoca um aumento do pãozinho, do macarrão, da gasolina, por exemplo.

Além disso, alguns produtos que são produzidos aqui no Brasil também têm seu preço atrelado ao dólar.

É o caso da soja, da carne, do café, do açúcar, do milho. Mesmo que eles sejam produzidos no país, quando o dólar está mais caro fica mais vantajoso para o produtor exportar. Então, se ele mantém o produto para ser vendido aqui dentro, ele vai querer receber mais por isso.

Outra maneira pela qual a alta do dólar influencia os preços é que, com o produto importado mais caro, os produtos nacionais acabam também sofrendo um reajuste. “Os produtores aproveitam a alta do importado para aumentar a margem de lucro do nacional também”, diz Nunes.

Para ele, no curto prazo alguns setores podem até ser beneficiados com a alta do dólar (ver abaixo). “Mas no médio e longo prazo, todos perdem, pois a moeda não está desvalorizada por uma escolha, mas porque a economia está enfraquecida.”

Uol

PARE E COMPRE SETEMBRO

 Banner para blog

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
27 de agosto de 2015

Empresario Alemão fot Ivanizio Ramos4

O governador Robinson Faria recebeu, na noite desta quarta-feira, 26, representantes da UAS Messtechnik GMB. A empresa Alemã analisa instalar uma fábrica de polissilício no Brasil e pediu apoio do governo estadual para realizar um estudo de viabilidade econômico-financeira no Rio Grande do Norte. A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com participação do titular da pasta, Flávio Azevedo.

“Este estudo também passa pela localização de jazidas de sílica apropriadas aqui no RN. É um estudo caro e eles querem uma participação financeira do Governo do Estado. Avaliaremos a possibilidade e tentaremos envolver também a iniciativa privada neste projeto”, destacou o governador Robinson Faria, que pediu um prazo de 30 dias para dar um posicionamento final.

O secretário da Sedec, que conduzirá a articulação com a iniciativa privada,  irá pleitear também recursos com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). “A fábrica é um investimento muito grande e, em termos de inovação tecnológica, pode ter grande alcance”, afirmou Flávio Azevedo. “Caso o projeto se confirme, será a única fábrica de polissilício da America Latina, porque uma única fabrica é suficiente para abastecer todo continente”, concluiu.

Assecom-RN

Banner-Blog-Cardoso-Silva-500x125px

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
10 de agosto de 2015

Pelo décimo mês seguido, as taxas de juros voltaram a aumentar em julho, segundo apuração feita pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac). Para pessoas físicas, as seis modalidades de crédito tiveram alta dos custos de empréstimos. Na média, a taxa subiu 1,73%, passando de 6,94% (em junho) para 7,06% (em julho). Ao ano, a taxa subiu de 141,93% para 143,55%.

A rolagem da dívida do cartão de crédito continua sendo a mais elevada entre as linhas para a pessoa física, com correção de julho de 3,91%. Em junho, o consumidor pagava ao mês 12,54% e passou a pagar 13,03% em média. No ano, a taxa avançou para 334,84%. Apesar de ter a menor oscilação entre as modalidades, o crédito direto ao consumidor (CDC) nos bancos para a compra de automóveis teve a segunda maior alta, de 0,95%, com taxa de 2,12% ao mês e 28,63% ao ano.

 

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
7 de agosto de 2015

dollar

Brasília (ABr) – Em mais um dia de alta, a moeda norte-americana ultrapassou R$ 3,50 e fechou no maior valor em 12 anos, sem descontar a inflação nesse período. O dólar comercial encerrou a quinta-feira vendido a R$ 3,537, com alta de R$ 0,048 (1,39%). A cotação está no maior nível desde 5 de março de 2003, quando havia fechado em R$ 3,555. Foi a sexta alta seguida.

Em Natal, a moeda podia ser comprada por R$ 3,66, em uma casa de câmbio – É o preço da moeda comprada, por exemplo, para viagens internacionais, em espécie, e é maior porque inclui custos administrativos e financeiros. No mercado, o dólar chegou a se aproximar de R$ 3,60, ontem. Na máxima do dia, chegou a R$ 3,571, mas o ritmo de alta diminuiu nas horas seguintes. A divisa acumula alta de 3,29% em agosto e de 33% no ano, sem descontar a inflação.

O dólar começou a subir desde que a equipe econômica anunciou, há duas semanas, a redução para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) da meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública). Segundo economistas ouvidos pela Agência Brasil , a possibilidade de o país perder o grau de investimento das agências de classificação de risco tem pressionado o câmbio.

JH NET jardel

Banner para blog

banner jc sistem

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA, Internacional
7 de agosto de 2015

O registro sanitário é uma das principais preocupações das organizações da agricultura familiar do Estado. Muitos agricultores não estão conseguindo comercializar seus produtos, apesar dos incentivos governamentais, por falta do registro sanitário. Para minimizar o problema o Governo do Estado do RN vai investir R$ 90.000.000,00 (Noventa Milhões de Reais), financiando 200 (duzentos) subprojetos de organizações da agricultura familiar, através do Edital 04/2015 – Registro Sanitário, que está aberto a partir de 06 de agosto até o dia 13 de setembro, no site do www.rnsustentavel.rn.gov.br.
Para cada subprojeto, o valor máximo do apoio financeiro é de R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais), no qual não está incluso a contrapartida apresentada pela organização que será de 20% (vinte por cento).

Esta é uma iniciativa da Secretaria de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE), coordenada pela Secretaria de Planejamento (SEPLAN), através do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, que tem como uma das metas diminuir as desigualdades regionais, oportunizando o incremento de postos de trabalho e de renda, a sustentabilidade ambiental, econômica e da gestão do empreendimento, assim como o aumento da segurança alimentar e a melhoria do acesso a mercados dos agricultores familiares do estado do Rio Grande do Norte.

As organizações da agricultura familiar que serão contempladas no Edital 04/2015, receberão apoio financeiro e técnico para investimentos e adequação da agroindústria existente, tornando-a apta a receber o registro sanitário (legalização).

Os projetos de iniciativa de negócios sustentáveis a serem financiados são destinados à promoção de inclusão produtiva em áreas urbanas e rurais, tendo como principal objetivo a regularização das agroindústrias junto aos órgãos de defesa, inspeção e sanidade animal e vegetal (Ministério da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – MAPA, Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte – IDIARN ou Serviços de Inspeção Municipal – SIM, ou Vigilâncias Sanitárias), através da adequação do fluxo sanitário, da estrutura física e dos equipamentos, podendo contemplar também investimentos na produção primária, no beneficiamento/processamento, bem como na logística de comercialização das organizações produtivas. Neste contexto, existem 6 (seis) Arranjos Produtivos Locais (APLs) prioritários para o Projeto: Agricultura Irrigada, Apicultura, Cajucultura, Leite e Derivados, Ovinocaprinocultura e Piscicultura.

As organizações constituídas por mulheres serão contempladas com 20% do total de projetos. Comunidades tradicionais e jovens terão pontuação diferenciada.

Os interessados devem manifestar interesse relativos a projetos de iniciativa de negócio sustentáveis. O Edital é voltado a organizações produtivas, em áreas urbanas e rurais, que manipulem, processem e/ou beneficiem produtos de origem animal e vegetal, que tenham sido sujeitas a fiscalização prévia conforme legislação sanitária vigente e que visem a obtenção de registro ou alvará sanitário.

 

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
4 de agosto de 2015

O Governo do Rio Grande do Norte está garantindo o incentivo às indústrias por meio do subsídio do gás natural. O Programa RN Gás+ surge como uma adequação ao Progás, que funcionou nos últimos 13 anos. As adequações seguem as determinações da Lei 7.059/97, instituída para o apoio ao desenvolvimento industrial pelo incentivo do gás natural.

O grupo de trabalho formado pela Potigás, secretarias de Planejamento, Tributação e Desenvolvimento Econômico, Procuradoria Geral do Estado e o Idema apresentará o novo regulamento ainda no mês de agosto. As indústrias terão 60 dias para adequação. Entre o dia 01 de agosto e a definição do novo regulamento, fica garantido o fornecimento já contratado e subsidiado pelo Governo do Estado.

O RN Gás+ chega para aperfeiçoar o formato de subsídio de gás no Estado, tornando-se mais sustentável, mais responsável e ainda mais atrativo para novas indústrias. “Continuaremos a ser o único Estado a fornecer esse tipo de subsídio no país e nossa intenção é melhorar ainda mais as condições para que novas indústrias se instalem, fomentando mais emprego e renda para a população”, afirmou o governador Robinson Faria.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: ECONOMIA, RN
4 de julho de 2015

O orçamento do Fundo de Amparo ao Trabalho (FAT) em 2016 será de R$ 76,4 bilhões. A decisão foi tomada pelo Conselho Deliberativo do FAT (Codefat) em reunião realizada na sede do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), nessa quinta-feira (2).

Na mesma reunião foi aprovado o novo calendário para pagamento do Abono Salarial para o exercício 2015 e 2016. Os recursos do FAT asseguram o pagamento do Seguro-Desemprego e Abono Salarial aos trabalhadores.

A previsão, para 2016, é que sejam desembolsados R$ 17.1 bilhões com pagamento do Abono Salarial a 23,4 milhões de trabalhadores e R$ 34.8 bilhões com o Seguro-Desemprego aos 7,9 milhões de trabalhadores com direito ao benefício. Com isso, os gastos com o pagamento dos benefícios pode chegar a R$ 52 bilhões no próximo ano.

Sobre as receitas, o Fundo tem uma previsão de R$ 55,8 bilhões provenientes da arrecadação da contribuição PIS/PASEP pago pelas empresas, R$ 15,5 bilhões de remunerações, além de R$ 986 milhões advindos de outras receitas.

Calendário PIS e Pasep

O calendário de pagamento do Abono Salarial para o exercício 2015/16, que inicia dia 22 desse mês de julho e segue até março do próximo ano. Pela tabela aprovada, os nascidos no segundo semestre (julho a dezembro) recebem ainda nesse ano, já os nascidos no primeiro semestre (janeiro a junho) recebem no primeiro trimestre do próximo ano.

Tem direito ao benefício que recebeu em média até dois salários mínimos mensais no ano anterior com carteira assinada. O trabalhador deve estar cadastrado no Programa de Integração Social PIS ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Cronograma de Pagamento do Abono Salarial 2015/2016

PIS – Pago pelas Agências da Caixa Econômica Federal

NASCIDOS EM
RECEBEM A PARTIR DE
RECEBEM ATÉ
JULHO
22 / 07 / 2015
30 / 06 / 2016
AGOSTO
20 / 08 / 2015
30 / 06 / 2016
SETEMBRO
17 / 09 / 2015
30 / 06 / 2016
OUTUBRO
15 / 10 / 2015
30 / 06 / 2016
NOVEMBRO
19 / 11 / 2015
30 / 06 / 2016
DEZEMBRO
17 / 12 / 2015
30 / 06 / 2016
JANEIRO
14 / 01 / 2016
30 / 06 / 2016
FEVEREIRO
MARÇO
16 / 02 / 2016
30 / 06 / 2016
ABRIL
MAIO
17 / 03 / 2016
30 / 06 / 2016
JUNHO

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, ECONOMIA
Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
20/01 Dom
Máxima.: 36°c
Minima.: 24 °c
Chuva: 2mm
Probabilidade: 80%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
Publicidade