Banner Governo
24 de fevereiro de 2014

pp

O professor Silmar Madeira, de 31 anos, é um dos nove mortos na operação que tornou a praça de Itamonte (MG), no Sul de Minas, numa praça de guerra na madrugada de sábado (22). Na cidade com 15 mil habitantes e apenas uma rua principal, cerca de 200 policiais civis e militares de São Paulo e Minas Gerais surpreenderam uma quadrilha de 20 assaltantes especializada na explosão de caixas eletrônicos no momento que eles tentavam atacar mais duas agências.

No meio de intensa troca de tiros, testemunhas disseram que Silmar Madeira foi rendido por um dos bandidos em fuga que tomou o carro dele e o levou como refém. Os dois  foram mortos no confronto. A mãe do professor disse que na hora do tiroteio o filho tinha saído da casa da namorada e retornava para a cidade de Itanhandu onde morava, que fica a 15 quilômetros. Ele deixou duas filhas, uma de 6 anos e outra de 6 meses.
As policias de São Paulo e Minas Gerais agora vão investigar as circunstâncias da morte de Silmar. O corpo do professor foi sepultado na tarde de domingo.
pms
Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, Policial
Governo RN - Nota Potiguar
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
17/09 Ter
Máxima.: 35°c
Minima.: 22 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
INFINTY
RN EM DEFESA DA MULHER
União Play
Publicidade
Rádio Estação Jovem
Aqui RN