13 de abril de 2018

Para ajudar na defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o dia 07/04, dois paraibanos resolveram agir. O servidor público, Antônio de Pádua Pereira Leite, e o advogado, Arthur Azevedo Leite, ajuizaram no STF (Supremo tribunal Federal ) um habeas corpus a favor do ex-presidente solicitando que ele possa ser favorecido com a prisão domiciliar.

A prisão domiciliar tem sido um assunto recorrente nos últimos dias, dada a importância de diversas personalidades políticas envolvidas em escândalos de corrupção.

Os paraibanos alegam que por Lula ter mais de 70 anos e já ter tido sérios problemas de saúde, é necessário que medidas cautelares sejam tomadas com base no artigo 318 do CPP, que determina algumas possibilidades para a alternativa da prisão domiciliar .

Para os paraibanos a reversão da pena é algo que deve ser tratado de maneira urgente. Na petição do habeas corpus, Antônio e Arthur afirmaram que é preciso reconsiderar os relevantes serviços que Lula prestou ao país e por isso deve ter a prisão domiciliar como um benefício até que sua sentença condenatória tenha o trânsito em julgado.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Brasil, PB
Comentários
  1. nesse caso é otimo quando eu completar 70 anos vou começar a roubar porque eu trabalhei a vida toda e lula nunca trabalhou e ter um direito desses ai vão ter soltar todos que tiver mais de 70

  2. Fran disse:

    Lula merece a luta. Melhor presidente do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
19/07 Qui
Máxima.: 29°c
Minima.: 18 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Publicidade