19 de setembro de 2017

Um homem suspeito de maltratar e desviar a aposentadoria da própria mãe foi preso na tarde desta segunda-feira (18) no Planalto, Zona Oeste da capital.

Geladeira quase vazia, alimentos vencidos, cozinha e quartos cheios de entulhos. Foi assim que os policiais civis da Delegacia de Proteção ao Idoso (DEPI) encontraram a casa de uma senhora de 70 anos.

A polícia recebeu denúncias de que a mulher, apesar de receber uma aposentadoria, vive nessas condições porque é vítima de extorsão e maus tratos do próprio filho. Ele tem 34 anos, foi preso em flagrante, mas nega os crimes.

A delegada da DEPI, Ana Paula Diniz, conta que o suspeito disse cuidar bem da idosa. A vítima nega. “Ele diz que ajuda sua mãe plenamente, nega maus tratos, nega a negligência, bem como nega o desvios de proventos. Ele diz que usa o dinheiro em favor da mesma, o que foi dito de forma inversa pela mãe, e os vizinhos corroboram com o que está escrito na denúncia e com as palavras da vítima”, disse.

O filho da idosa já responde pelo crime de receptação. Ele foi preso anos atrás com um carro roubado e estava em liberdade condicional. Agora, pode ser indiciado por quatro crimes, como o agravante de violência psicológica prevista na lei Maria da Penha.

De acordo com a delegada Ana Paula, casos como este são comuns na delegacia do idoso e o agressor quase sempre é alguém da família. “São bem recorrentes, esses casos. Inclusive os de negligência, maus tratos e desvio de proventos dos idosos, geralmente por membros da própria família”, conclui.

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Policial, RN
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
Publicidade