9 de outubro de 2018

Será julgado nesta quarta-feira em Caicó no Tribunal do Juri o réu Elieldes da Silva acusado de envolvimento no assassinato do Cabo da Polícia Militar Luiz Gonzaga de Lima,56 anos, morto em 28 de Outubro de 2016 quando estava trabalhando como segurança em um supermercado no bairro Samanaú.

O CB PM LUIZ GONZAGA DE LIMA, de 57 da Polícia Militar do RN, havia cumprido sua missão, estava na reserva a cerca de 5 anos e trabalhava a cerca de três meses em um supermercado no bairro Samanaú quando foi morto por dois elementos que o renderam e efetuaram três disparos contra ele.

Em contato com o Blog Cardoso Silva um familiar de Gonzaga disse o seguinte: ” Cardoso nós não temos condições de dar entrevista, mas vocês da imprensa estão livres pra fazer qualquer manifestação a favor de pai policial militar, ( fundador do trânsito, presidente do fluminense futebol clube de Caicó, uns dos primeiro policial militar da policia civil em Caicó que entregava apenas intimação e como todos conheciam tinha a ficha limpa em Caicó )”, destacou.

 

Como tudo aconteceu:

Uma equipe do SAMU foi ao local e tentou reanimá-lo por mais de meia hora utilizando até mesmo o desfibrilador da Unidade de Socorro Móvel. Profissionais fizeram o possível para salvar a vida do militar, mas infelizmente devido a gravidade dos ferimentos o CB Gonzaga tombou dentro da ambulância.

Os dois indivíduos fugiram a pé, passaram uma cerca e entraram no matagal. Após o cerco policial eles retornaram para o bairro e ao serem percebidos saíram pulando os muros das residências iniciando uma intensa busca policial. Várias equipes de policiais, inclusive homens de folga e o apoio de um Drone, compareceram ao local para ajudar aos companheiros de serviço nas buscas dos autores do homicídio.

Um dos acusados foi atingido em confronto com a PM com ele foi apreendido um revólver Cal. 32, ele chegou a ser socorrido, mas veio a óbito, já outro foi encontrado escondido dentro de uma residência, e segundo informações um terceiro elemento que foi visto dando apoio a dupla teria fugido de moto.

Preso, o parelhense ELIELDES SILVA, de 18 anos, contou na delegacia que a morte do PM Gonzaga foi encomendada por um detento da Penitenciária Estadual Francisco Pereira da Nóbrega, O Pereirão em Caicó. Na casa do Elieldes foram apreendidos celulares e cápsulas de revólveres.

Segundo informações colhidas pela polícia os envolvidos no crime do militar foram o ELIELDES SILVA, de 18 anos que foi preso pela polícia, o JOSENILSON, de 17 anos, vulgo “Dino“, que morreu em confronto com a polícia e o “Fabiano Oião“, de 21 anos que teria dado apoio a dupla em uma moto, esse último morreu após assaltar um supermercado na zona oeste da cidade.

Elieldes da Silva que hoje está com 20 anos sentará no banco dos réus nesta quarta-feira, às 9hs da manhã na cidade judiciária na zona norte da cidade.

A FAMÍLIA PEDE JUSTIÇA NO CASO E AFIRMA QUE CONFIA NA JUSTIÇA DE DEUS E DOS HOMENS!

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Caicó, Judiciario
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
18/10 Qui
Máxima.: 36°c
Minima.: 24 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
Publicidade