17 de abril de 2017

As chuvas registradas desde a quarta-feira (12)promoveram uma recarga nos açudes Coremas e Mãe d’Água, dois dos principais mananciais do estado, receberam juntos 16,3 milhões de metros cúbicos (m³). Porém, a recarga não foi suficiente para retirar os açudes da lista de mananciais em observação pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

De acordo com a Aesa, na quinta-feira (13), o açude de Mãe d’Água tinha 27,1 milhões de m³, mas após receber água das chuvas na região registra 30,8 milhões de m³ neste domingo (16), o que corresponde a uma recarga de 3,7 milhões de m³ em três dias.

Já o açude de Coremas tinha 30,1 milhões de m³ na quinta-feira e agora registra 42,7 milhões de m³, o que corresponde a uma recarga de 12,6 milhões de m³ em três dias.

Mesmo assim, ambos os açudes ocupam a lista de observação de mananciais que registram menos de 20% da capacidade total de armazenamento, com Mãe d’Água estando em 5,4%, do total de 567,9 milhões de m³, e Coremas em 7,2%, do total de 591,6 milhões de m³.via portalcorreio

 

 

Postado as 7:46 am
Categorias: Brasil, PB
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rede social
O que você procura?
Caicó/RN