12 de julho de 2017

Um pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus na cidade de Coremas, Sertão da Paraíba, foi preso na terça-feira (11) suspeito de abusar sexualmente um adolescente de 13 anos. De acordo com o agente Cristiano Torres, a avó da vítima esteve na delegacia, juntamente com o menino, para relatar os abusos cometidos pelo religioso. Comente no fim da matéria.

O agente afirmou que o adolescente, que é especial, contou com riqueza de detalhes os abusos sofridos. Ainda de acordo com o agente, a avó da vítima afirmou que começou a perceber algo diferente no jovem quando ele alegou que não queria frequentar mais a igreja porque o pastor era muito “enxerido”.

Segundo o relato do jovem, em uma das oportunidades, o pastor o teria colocado em um carro e ido em direção a um sítio, para buscar algumas pessoas. A vítima relatou que durante o trajeto, o religioso ficou tocando em suas partes íntimas e ordenando que o adolescente fizesse o mesmo. Diante da recusa, ele passou a xingar e ofender o jovem.

Na volta, ele teria deixado as pessoas que havia ido buscar na igreja e se dirigiu para o seu apartamento com o jovem. Na residência, os abusos teriam continuado. Percebendo a ausência do neto, a avó da vítima foi procurá-la e se dirigiu ao prédio onde morava o pastor. Sem saber qual era de fato o apartamento do religioso, a avó do adolescente bateu de porta em porta em busca do neto. Segundo relato do menino, ao perceber que ela estava em outro apartamento, o pastor ordenou que a vítima saísse correndo do local.

Em sua defesa, o pastor alegou que a avó teria criado toda a história por conta de uma suposta ligação de seu neto com uma vizinha, com quem ela teria uma rixa. O religioso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Coremas. portalcorreio

Postado por Cardoso Silva
Categorias: PB, Policial
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
Publicidade