25 de setembro de 2019

RUTH LURDES MAIA DA SILVA, pressa acusada de envolvimento nos crimes

A Polícia Civil da cidade de Caicó, com apoio da Polícia Militar deflagraram uma operação na tarde de segunda-feira (24) onde conseguiram prender a mulher que estava foragida desde o assalto ocorrido no sítio Cachoeirinha no distrito Palma.

O roubo ocorreu na madrugada do domingo (22) para segunda feira (23). O trio que praticou o roubo, 2 homens e 1 mulher, teria se perdido e se dividido e tudo indica que, o responsável pelo resgate do bando, que estaria em um veículo, não estava no local combinado.

Um dos integrantes, o JOÃO NOGUEIRA LOPES, vulgo “RJ“, que dividiu – se do bando, veio a óbito em confronto com a Polícia Militar após ter feito o morador de um outro sítio refém. Antes dele morrer ele deu informações sobre os outros três integrantes envolvidos no roubo.

Segundo o delegado Leonardo Germano, RJ também é suspeito de participação em um roubo ocorrido, a cerca de 15 dias atrás, no bairro Maynard, na zona Leste, e de outro roubo na zona Norte de Caicó que ainda estão sendo investigados pela Polícia Civil. Ele, inclusive, era respeitado no meio da facção e ocupava lugar de destaque pelos crimes que cometia, incluindo roubo a residências.

Após um trabalho investigativo, e dando continuidade ao que a polícia desenvolveu no dia de ontem, nas buscas aos três indivíduos que fugiram a pé depois de praticar o assalto a 2 Km do distrito Palma, os policiais cumpriram, nesta terça feira, mandados de busca e apreensão e de prisão na cidade de Caicó e obtiveram êxito.

RUTH LURDES MAIA DA SILVA, natural de Umarizal, com residência também em Catolé do Rocha foi presa na operação. A polícia levantou que ela estava a alguns dias aqui em Caicó para praticar crimes.

Integrante uma facção do Estado da Paraíba, Ruth intermediou o apoio de um dos integrantes que vieram da cidade de Mossoró para praticar o assalto na zona Rural de Caicó. Ela estava atualmente residindo na casa indivíduo que veio a óbito, mas no momento da prisão, foi encontrada em outra residência próxima ao local onde a família do indivíduo morava, aguardando que um carro de fora viesse dar fuga a ela, que foi presa antes de conseguir fugir.

Objetos recuperados
Dos objetos roubados do sítio Cachoeirinha, foram recuperados duas armas, sendo uma espingarda e um revolver, além de munições. Os outros objetos, como algumas jóias e relógios, não foram encontrados. A Polícia Civil recebeu informações que alguns integrantes da facção, ou amigos, já teriam ido na casa do indivíduo morto e levados os objetos.

Os outros dois indivíduos de Mossoró, que participaram do roubo já foram identificados. “A polícia acredita que eles podem ter fugido para cidade de Mossoró, porém, não está sendo descartada, a possibilidade deles estarem escondidos na cidade de Caicó e a polícia continuará trabalhando para efetuar a prisão desses dois indivíduos“, disse o delegado Leonardo Germano. Via Por Caicó na Rota da Notícia. (Fonte e imagens: Rosivan Amaral/Caicó em Foco)

Postado por Cardoso Silva
Categorias: Caicó, Policial
Governo RN - Nota Potiguar
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Social
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
20/10 Dom
Máxima.: 38°c
Minima.: 21 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
União Play
RN EM DEFESA DA MULHER
INFINTY
Publicidade
Aqui RN
Rádio Estação Jovem