5 de maio de 2014

pe

Do NE10

A notícia da detenção de um dos suspeitos de ter atirado o vaso sanitário que matou o torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, de 26 anos, após jogo do Santa Cruz 1×1 Paraná, no Estádio do Arruda, na última sexta-feira (2), deixou os moradores de Ouro Preto, em Olinda, no Grande Recife, num misto de surpresa e revolta. O rapaz de 23 anos foi preso em uma escola particular do bairro, onde trabalha como agente administrativo.

A empregada doméstica Raqueline da Silva conta que viu momento da prisão do suspeito. Ela tinha ido pagar contas quando passou em frente à escola, localizada no centro comercial de Ouro Preto, onde três policiais à paisana abordaram o homem. Após voz de prisão, o Gati também apareceu no local para levá-lo para prestar depoimento. Uma professora que trabalhava com o suspeito no colégio saiu em defesa do colega e disse que ele é um “menino muito bom”. Um dos policiais apenas respondeu que “as imagens do dia no Arruda entregava ele como suspeito”, relatou a doméstica.

Entre as pessoas que não conhecem o rapaz, o sentimento é de revolta. “É difícil de acreditar que um monstro desse seja daqui do bairro. Merece pena máxima, se for compravada a sua culpa”, disse uma moradora que preferiu não se identificar.uol

REDE SERIDOAA

Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: Brasil, Policial
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
27/05 Seg
Máxima.: 32°c
Minima.: 24 °c
Chuva: 2mm
Probabilidade: 90%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
União Play
Publicidade