15 de junho de 2014

rr

A convenção do Democratas do Rio Grande do Norte definiu neste domingo (15) que não terá candidatura própria ao governo do estado nas eleições de outubro. O DEM negou a legenda à governadora Rosalba Ciarlini que, com a decisão, fica sem partido para disputar a reeleição. 243 delegados estavam aptos a votar; 121 votaram por coligação com outros partidos para a sucessão estadual e 63 pela candidatura à reeleição de Rosalba. Houve ainda 48 abstenções, 9 votos nulos e 2 brancos.

O DEM vai integrar a coligação que já conta com PMDB, PR, PSB, PROS, PDT, PMN, PSDB, PV, PRB, PEN, PHS, PRP, PRTB, PPS, PTB e PSDC que tem como pré-candidato ao governo o deputado estadual Henrique Eduardo Alves (PMDB).

O senador José Agripino, presidente nacional do DEM, declarou que a coligação proporcional era a melhor opção já que a chapa da governadora não tinha vice nem coligação para proporcional. “Optamos por reconstruir o partido. Com essa convenção democrática evitamos ouvir amanhã que houve injustiças”, disse.

Através da assessoria, a governadora Rosalba Ciarlini afirmou que esperava poder ser julgada pelo povo. “Estou tranquila, serena, e com a consciência de que lutei até o fim para ter o direito de ser julgada pelos povo nas urnas. Fiz um governo sem escândalos, usei o dinheiro público para ajudar o Rio Grande do Norte e esperava poder mostrar o que fiz e deixar os potiguares me julgarem”

Do G1

PAULINO BLOG

Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: Politica, RN
FAO
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
24/05 Sex
Máxima.: 34°c
Minima.: 23 °c
Chuva: 5mm
Probabilidade: 90%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
União Play
Publicidade