20 de outubro de 2014
O pedreiro suspeito de ter matado a facadas a cozinheira Francisca Ronieve Soares de Oliveira, crime ocorrido na madrugada deste domingo na cidade de Portalegre, na região Oeste potiguar, disse à polícia que cometeu o crime por ciúmes. Preso na manhã desta segunda (20) ao ser encontrado escondido em um matagal no próprio município, Antônio Gilmário Costa Lima, de 29 anos, alegou ter sido traído. “Traiu que eu vi”, disse em depoimento. O G1 teve acesso ao documento no qual o suspeito confessa o homicídio. Francisca era ex-mulher de Antônio, com quem tinha uma filha de 3 anos. A criança foi salva por uma sobrinha da vítima.
Em depoimento à polícia, Antônio afirmou que a ex-mulher ligou para ele pedindo R$ 500 emprestados e que ele foi até à casa da vítima uma hora antes do combinado para deixar o dinheiro. De acordo com as declarações de Antônio, ao chegar no local ele viu a ex-companheira “se agarrando” com o vizinho. Antônio então voltou para casa dele, pegou uma faca e retornou para a residência de Francisca onde cometeu o crime.
O crime
Segundo a Polícia Civil, Francisca Ronieve Soares de Oliveira, de 31 anos, foi morta na sala de casa na frente da filha e da sobrinha, crime que aconteceu na madrugada deste domingo (19). Suspeito do crime, o ex-marido da vítima fugiu em seguida, tendo sido preso na manhã desta segunda (20) escondido numa região de matagal no próprio município. A arma utilizada não foi encontrada.
BRITADOR SERIDÓ
PARE E COMPRE
Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: Policial, RN
FAO
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
22/05 Qua
Máxima.: 35°c
Minima.: 23 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
União Play
Publicidade