22 de março de 2017

“Os investimentos isolados, a má gestão e os problemas de regulação são os principais fatores que contribuem, nos dias atuais, para a escassez da água no Brasil”. Esta conclusão de especialistas foi levada ao Plenário pelo senador Garibaldi Filho, em pronunciamento no qual lembrou que neste 22 de março transcorre o Dia Mundial da Água. Ele registrou que a crise hídrica tem gerado um custo político, econômico e humano muito oneroso para o Brasil.

Garibaldi Filho destacou que o drama da falta de água se agrava dramaticamente em todo o planeta. “A população cada dia se mostra mais intranquila diante do calor que se eleva ano após ano, dadas as drásticas e velozes mudanças climáticas”, afirmou. Ele lembrou que, no Nordeste, a ausência de chuvas obriga milhões de pessoas a viverem no sofrimento e desesperança. E que a parte mais abastada do Brasil precisa cooperar para a sobrevivência, por meio do Estado, de uma população que mal tem água para beber.

Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: Brasil
GOVERNO  NOVO
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
16/06 Dom
Máxima.: 33°c
Minima.: 22 °c
Chuva: 5mm
Probabilidade: 90%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
União Play
Publicidade