8 de novembro de 2023

Um dos alvos presos nesta quarta-feira por suposta ligação com o grupo Hezbollah carregava 5 mil dólares em espécie no momento em que foi abordado pela Polícia Federal no aeroporto de Guarulhos (SP). O dinheiro, que equivale a cerca de R$ 25 mil, foi apreendido. Ele vinha de uma viagem do Líbano. O nome dele não foi divulgado pelas autoridades.

O homem foi um dos alvos de mandado de prisão temporária da Operação Trapiche. A identidade dele não foi revelada pelas autoridades. Além dele, a PF prendeu temporariamente outro suspeito e cumpriu outros 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Minas Gerais e o Distrito Federal. Os dois estão prestando depoimento à PF nesta quarta.

Segundo a coluna de Bela Megale, os investigadores suspeitam que eles tenham sido aliciados pelo grupo radical Hezbollah. Eles foram flagrados tirando fotos de locais que poderiam virar alvos de ataques, como sinagogas e institutos israelenses.

Os dois presos têm nacionalidade brasileira. Há ainda dois mandados de prisão em aberto contra dois brasileiros que estariam no Líbano. A PF inseriu o nome deles na difusão vermelha da Interpol.

Em nota, a PF informou que a operação visa “prevenir” e “interromper atos preparatórios de terrorismo”, além de “obter provas de possível recrutamento de brasileiros para a prática de atos extremistas” no país.

O Globo

 

Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: Brasil, Policial
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
15/07 Seg
Máxima.: 34°c
Minima.: 23 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
União Play
Publicidade