15 de agosto de 2014

rr

Ricardo Varela: nas duas cidades, o volume d’água é insuficiente

Duas cidades entraram ontem (14) para  o cenário atual dos locais no Rio Grande do Norte que estão com status de “abastecimento em colapso”. Tenente Ananias e Rodolfo Fernandes, no Oeste Potiguar agora fazem parte das cinco cidades que possuem o sistema de abastecimento de água inexistente em virtude das baixas precipitações registradas este ano, insuficientes para a reposição dos mananciais de captação da água.   Encontram-se ainda em colapso desde 2013 as cidades de Paraná e Antônio Martins, no Oeste Potiguar, e Carnaúba dos Dantas no Seridó Potiguar.

Este é o quadro atual desenhado pela Companhia de Abastecimento de Água e Esgotos, par ao estado do Rio Grande do Norte. “Nas cidades onde está iminente a falta de água a Caern já vem trabalhando com esse racionamento”, relata Ricardo Varela, diretor técnico da Caern.

Segundo ele, a principal fonte de água da cidade de Tenente Ananias é o Açude Jesus, Maria e José, enquanto Rodolfo Fernandes recebia água originada do Açude Riachão. Ambos chegaram a um nível de volume insuficiente para atender à população, que contam com 2.400 ligações de água em Tenente Ananias e 1.400 em Rodolfo Fernandes.

A última medição realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado (Semarh), em 1º de agosto, constatou que o volume do açude Jesus, Maria e José registrava 0,11% do seu total de armazenamento de água.

Quando isto ocorre, a Caern, que é usuária do manancial, suspende o abastecimento e consequentemente o faturamento, e o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil em parceria com a Prefeitura de cada cidade, passa a abastecer as cidades por meio de carros pipa, além de outras medidas de emergência que se façam necessárias.

Até julho deste ano, outras quatro cidades também faziam parte do quadro de cidades sem abastecimento via Caern. Porém, devido a ocorrência de chuvas em área de açudes que abastecem alguns mananciais, as cidades de Pilões, São Francisco do Oeste, Antônio Martins e Venha Ver saíram do colapso.

Acari e Currais Novos
A última cidade onde houve implantação do racionamento de água foi Acari, localizada na região Seridó do Estado. A cidade, a 201 quilômetros de Natal, foi dividida, na última quarta-feira, dia 21, em duas partes: setor 1, que compreende os bairros de Petrópolis, Tarcísio Bezerra, Luiz Gonzaga, Dinarte Mariz e parte do Centro; e setor 2, que abrange parte do Centro e bairros Ari de Pinho e Padre José Dantas Cortez.

Cada setor está sendo abastecido por 24 horas, revezando com o outro, ou seja, enquanto um recebe água, o outro fica com o abastecimento interrompido. Segundo dados o IBGE, a população de Acari é de 11.355 habitantes. Já Currais Novos, a 172 km da capital, tem desde 2013 um rodízio de 24 por 48 horas. Cada um dos três setores divididos pela Caern recebe água por 24 horas e tem o abastecimento suspenso por 48 horas. Não há previsão de quando o abastecimento será normalizado.tnonline

BANNER VITA

Postado por Blog Cardoso Silva
Categorias: RN
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas Redes Sociais
O que você procura?
Previsão para Caicó/RN
19/07 Sex
Máxima.: 35°c
Minima.: 23 °c
Chuva: 0mm
Probabilidade: 0%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
União Play
Publicidade